Cartoon-sobre-o-Ruim

Site do Ruim

(não é bem dele, porque
outras pessoas é que o fizeram!)

Doenças agenciadas

Não acho que as doenças sejam uma moda, tirando a parvoíce da pancada com o glúten. Os celíacos não podem ingerir alimentos com glúten, os restantes idiotas acham que glúten é milho importado. Mas os nomes das doenças desempenham um papel importante na forma como as encaramos. Por muito graves ou menos graves que sejam, nem todas as doenças seriam tão assustadoras sem o nome que têm.

Da primeira vez que tive contacto com o sarcasmo fiquei extremamente confuso. Como é que é possível alguém estar a dizer alguma coisa, mas não estar realmente a dizer aquela coisa que está a dizer? E porque razão o faz? É maluco? Eu tinha desculpa em pensar assim porque tinha dez anos.

Na pior das hipóteses

Nunca tinha visto tanta revolta e controvérsia pela alteração de um escalão de IVA. Realmente, as pessoas têm mesmo um grande amor ao código fiscal neste país e é de estranhar porque é que ainda se preenche a declaração de IRS como se fosse um Totobola. Estou muito surpreendido com esta questão do IVA das touradas, especialmente porque o meu dealer não paga impostos, daí ter assumido que actividades moralmente reprováveis estavam isentas de tributação.

Não conheço nenhuma mulher que queira apanhar o namorado em pleno acto de auto-satisfação. Aliás, nem ele quer ver-se a ele mesmo reflectido nalgum espelho da casa como se fosse um vampiro depravado.

Mas...

Muito bom homem quer apanhar a companheira na mesma situação. Há qualquer coisa de especial nesse momento. Não sei se é a cena de "ahhhh, com que então... tu também... ah, pois é..." ou se vimos demasiado porno e temos alguma fantasia irreal na pinha, mas a coisa vive na nossa imaginação.

Eu já tentei apanhar a minha namorada nessa situação. Ouvi um "vou-me deitar..." que me pareceu estranho e dei-lhe uns minutos. Pensei "isto pareceu-me suspeito. Deitar? No quarto? A mim não me engana..." e fui em direção à porta do quarto em modo Elmer Fudd a pensar "Be vewy vewy quiet!". Encostei o ouvido à porta e não ouvi nada. "Ahhh, a fingir que está a dormir esta badalhoca!!", abri a porta e disse...

"AHA! APANHADA... a... ler um livro!"
"Tu estás parvo? O que é que se passa?"

Óbvio que não lhe expliquei o que me ia na cabeça ou ainda me chamava de idiota. Prefiro que ela leia isto enquanto eu estou no sofá a ver uma série.

1988, algures numa sala de aula em Portugal

- Tirem os livros de Língua Portuguesa da mala. Hoje vamos aprender mais uma palavra nova. Repitam todos comigo: RO-TUN-DA.
*Turma* - RO-TUN-DA!
*Idiota* RE-TUN-DA!
- Quem é que disse "RE-TUN-DA"?
- Fui eu, stêra.
- Outra vez, Pedro?
- Já disse que e meu neme é Pedre e tenhe uma deença rara.
- Deixa-te de fitas. Tu não tens nenhuma doença. És só um idiota.
- A STÊRA ESTÁ A CHAMAR IDIETA A QUEM? ISTE É UMA DEENÇA.
- Não existe tal coisa como Síndrome de Não Acreditar na Letra O.
- Clare que existe.
- Ai sim? Qual é a letra em que não acreditas?
- Letra E.
- Estás a ver, Pedro?
- E MEU NEME É PEDRE, FEDA-SE!
- RUA. LÁ PARA FORA.
- LÁ PARA FERA? A STÊRA VAI VER. UM DIA VEU CRIAR UM GRUPE NE FACEBEEK - QUANDE E INVENTAREM, CLARE - ENDE TEDES FALAM IGUAL A MIM.

E foi assim que nasceram os grupos de operações stop. Ou grupe de eperaçes step, segundo o Pedre.

O que diz a Rádio Comercial sobre o meu nome naquelas fotos "hoje é o dia de clicarem todos nisto e marcarem pessoas para ganharmos seguidores":

"Rui vem do germânico e significa “rei”. É determinado e responsável. O Rui transmite confiança e alegria. Adora falar e estar com pessoas. Não gosta de estar sozinho em casa... adora ter a casa cheia de amigos e é-lhes muito dedicado. Gosta de ovos mexidos ao pequeno-almoço."

T-shirts

t shirts do ruim

T-shirts do Ruim na loja online do Cão Azul.

COMPRAR T-SHIRTS

O Livro do Ruim

livro do ruim

A compilação dos melhores textos da página e com prefácio do não tão conhecido Quimera.

COMPRAR O LIVRO

Quem?

ruim o rui conceicao

O auto-proclamado autor, guionista, blogger e comediante.