Vamos chamar as coisas pelos nomes : ganza, parpalho, sapanena, xamira, bob ou tarolo para aquele gajo mais efeminado que gosta de ter algo com esse nome na boca. Já fumamos, já vimos fumar, alguns ainda fumam mas com esta idade sejamos honestos... não há paciência para uma paciência. Mas isto não é fruto do acaso, foi toda uma evolução que começa numa fase estúpida e termina tudo na vida adulta de forma feliz e saudável.Vamos chamar as coisas pelos nomes : ganza, parpalho, sapanena, xamira, bob ou tarolo para aquele gajo mais efeminado que gosta de ter algo com esse nome na boca. Já fumamos, já vimos fumar, alguns ainda fumam mas com esta idade sejamos honestos... não há paciência para uma paciência. Mas isto não é fruto do acaso, foi toda uma evolução que começa numa fase estúpida e termina tudo na vida adulta de forma feliz e saudável.

 

16/20 anos Homo Novatis Ganzis

Ninguém percebe nada daquilo mas todos julgam que percebem. Junta-se um grupo de 10 nalgum sítio recôndito. Todos deram 50 escudos a um para ir buscar meio conto que no caminho de volta corta uma ganza para ele porque este tem a mania que é mais esperto que os outros. À vinda faz-se uma rodinha e o habilidoso do grupo lá consegue enrolar algo que se assemelha a um pé de cabra de papel enquanto os outros observam em silêncio. O cozinheiro prova a sopa e o número de bafos é contabilizado rigorosamente pelos restantes não vá o cabrao ser guloso. "Vamos fumar isto de marroquina" diz o Tinoco que tá a ver que só lhe vai calhar cartão. O ganzio é fumado até as unhas pegarem fogo e "bem tou com uma moooooooca, pessoal". Algum entendido diz que fumar um cigarro puxa a moca e todos puxam do Marlboro que na altura era 390 escudos o maço. Vai tudo para casa e deixam de fingir que estão malucos.

20/25 anos Homo Expert Ganzis

Cada um tem uma bolsinha personalizada normalmente comprada numa feira com uma folha de cannabis bordada para ser discreto. Nesta bolsa existe: nunca menos que um conto, dois tipos de mortalha (normal e king size), um isqueiro personalizado da BIC, uma faca Opinel de 10 cm, um molho de bilhetes da TST usados e presos com um elástico, um frasco de gotas Visadron, um pacote de Oreos e uma garrafa de água. Cada um enrola a sua numa autêntica competição origami porque por esta altura parecem que todos andam no curso de artes plásticas da António Arroio. Pelo cheiro sabe-se o país de origem, há quem tenha decorado os artigos legais sobre o número de gramas que se pode andar e há um que até tem uma planta em casa porque a dada altura convenceu a avó que aquilo era Aloé Vera. Se pedirmos uma mortalha a alguém do grupo, podemos optar por uma com desenhos, sabor a canela ou aroma de poutporri tal é a categoria desta malta. No Avante forma-se um pequeno cartel e armam-se em Pablo Escobares e anda tudo com o coração ao pé da boca quando ouvem uma sirene.

25/30 anos Homo Fraquis Ganzis

Ninguém sabe onde comprar ganzas e quando alguém tem, todos fingem não saber enrolar (porque ninguém tem paciência). Ninguém tem mortalhas. É trazida por alguém que tem um irmão mais novo que lhe deu aquilo e normalmente é durante um jantar de amigos que aparece. Quando feita e acendida, passa-se mais tempo a beber um copo de vinho e a falar de quando tínhamos 15 anos do que a fumar. Cada um dá dois tiros naquilo e prontamente dirige-se ao frigorifico para devorar o que lá houver de restos do dono da casa. 10 minutos depois tá tudo com sono e mandam levar no cu o gajo que trouxe a ganza “porque já não temos 15 anos, foda-se”. Senta-se tudo no sofa a ver o canal Panda e a rir.

T-shirts

t shirts do ruim

T-shirts do Ruim na loja online do Cão Azul.

COMPRAR T-SHIRTS

O Livro do Ruim

livro do ruim

A compilação dos melhores textos da página e com prefácio do não tão conhecido Quimera.

COMPRAR O LIVRO

Quem?

ruim o rui conceicao

O auto-proclamado autor, guionista, blogger e comediante.