.. não era o meu. O "Kadafi" era, sem dúvida alguma, o detentor desse título. Este "Kadafi" não era o ditador líbio que perdeu a cabeça, mas sim um senhor com quem eu trabalhei nos meus "vintes" num escritório. Já não me recordo do nome real, mas esta alcunha foi-lhe concedida pelo meu próprio pai (que trabalhava na mesma empresa) depois do "Kadafi" lhe dizer no primeiro dia de trabalho "Vais às Finanças? O gajo do balcão já comeu a minha mulher!" e por uma vez ter ameaçado a patroa que ia colocar explosivos na secretária se não o aumentassem. Era uma pessoa bastante afável e sempre disposta a cuidar dos filhos dos outros funcionários, como por exemplo, da Dona Augusta dos pagamentos. Esta lembrou-se um dia de levar o seu petiz de dez anos para o escritório e de pedir ao "Kadafi" para tomar conta do miúdo durante a hora de almoço. "Pára lá de fazer desenhos, vamos passear!" e decidiu levar o puto a uma sex-shop no Conde Redondo que tinha um peep-show durante o dia e explicou-lhe que aquela zona de Lisboa era "o sítio onde os travecas atacam à noite e é onde o teu pai às vezes anda quando não quer aturar a tua mãe!".

Mas ele não teve uma infância muito fácil. Contou-me o "Kadafi" - num dos seus raros momentos emocionais - que o pai dele era uma besta e é por essa razão que ele gostava tanto de mimar os filhos dos colegas.

"Uma vez ia de mão dada com o meu pai e resolvi dar os bons dias a um amigo dele que o cumprimentou. O meu pai deu-me um bofetadão e disse que eu não tinha nada que falar a quem não conhecia de lado nenhum. Dias depois passámos por outro amigo dele, eu não disse nada e ele espetou-me outro bofetadão por eu ser um mal-educado que não fala às pessoas!".

O "Kadafi" era um boss.

T-shirts

t shirts do ruim

T-shirts do Ruim na loja online do Cão Azul.

COMPRAR T-SHIRTS

O Livro do Ruim

livro do ruim

A compilação dos melhores textos da página e com prefácio do não tão conhecido Quimera.

COMPRAR O LIVRO

Quem?

ruim o rui conceicao

O auto-proclamado autor, guionista, blogger e comediante.