Quem acompanha a página de Facebook do Lidl Portugal já percebeu que eles contrataram um daqueles jovens estagiários "community managers" de All Stars, barba desgrenhada que ouvem The XX o dia inteiro para gerir a página e que se dedicam a repetir a mesma fórmula de publicações vezes sem conta. Mas a última desta malta merece uma vénia: como é que foi a minha primeira experiência no LIDL? Não me recordo, mas posso contar um episódio que me lembro. Tem tudo: drama, comédia e erotismo.Quem acompanha a página de Facebook do Lidl Portugal já percebeu que eles contrataram um daqueles jovens estagiários "community managers" de All Stars, barba desgrenhada que ouvem The XX o dia inteiro para gerir a página e que se dedicam a repetir a mesma fórmula de publicações vezes sem conta. Mas a última desta malta merece uma vénia: como é que foi a minha primeira experiência no LIDL? Não me recordo, mas posso contar um episódio que me lembro. Tem tudo: drama, comédia e erotismo.

 Como em todas as grandes histórias, tudo começa com "o que é que vou dar de comer a esta badalhoca?". Nos meus saudosos tempos de marialva rabo de saia, tinha três packs disponíveis de engate: o plano Gold que consistia num jantar à luz das velas num conhecido restaurante italiano na Costa da Caparica, o plano Silver que envolvia eu cozinhar qualquer coisa com bastante picante a fim de puxar a bebida e o plano Pechisbeque que era basicamente uma lasanha do LIDL aquecida no micro-ondas (quando a pessoa em questão era DTF #downtofuck). Qual não é meu terror quando entro no LIDL da Arrentela que fica na Torre da Marinha e vejo que não há lasanhas. O LIDL não ter lasanhas é como o Papa não ter um terço para rezar. Aliás, do que vale manter um LIDL aberto sem lasanhas? Abordo um funcionário e questiono-o:Não há lasanhas?

Não há lasanhas?

Não.

Como é que eu f#do? Explique-me!

A conversa acabou ali, mas eu era um homem com uma missão e essa missão era gastar o mínimo possível com uma quenga de vão de escada. Foi aí que eu vi a Luz. Arrisquei onde nenhum homem tinha arriscado antes: a tortilha do LIDL. Aquela coisa que se parece com um frisbee com icterícia. Peguei numa alface, duas cebolas e um saco de tomates, na p#ta da tortilha e abordo o mesmo funcionário:

Acha que me safo com isto?

Han?

Se acha que com isto eu vou f#der!

Não estou a perceber.

Pois. Se nem sequer há lasanhas, como é que estou à espera que você perceba alguma coisa?

Chego a casa, divido a tortilha em pequenas formas geométricas, emprato juntamente com a salada e VOILÁ temos uma espécie de ração para quarra, por menos de 4€.

E sim, eu "fui lá". É possível "ir lá" sem as lasanhas do LIDL e é possível comer aquela merda e sobreviver para contar a história.

Obrigado, LIDL.

T-shirts

t shirts do ruim

T-shirts do Ruim na loja online do Cão Azul.

COMPRAR T-SHIRTS

O Livro do Ruim

livro do ruim

A compilação dos melhores textos da página e com prefácio do não tão conhecido Quimera.

COMPRAR O LIVRO

Quem?

ruim o rui conceicao

O auto-proclamado autor, guionista, blogger e comediante.