#velhismo

  • Olá, sénior. Tudo bem? Parabéns pela decisão de entrada no mundo da web 2.0 com um atraso de 10 anos. Tudo bem, porque nunca é tarde para nos querermos manter a par do que esta juventude anda para aí a fazer "nisso dos computadores". Neste mini-workshop que preparei para ti, irei cobrir algumas das questões que deverás fazer a ti mesmo antes de esbardalhares esses dedos enrugados por uma vida inteira de trabalho que te trouxe uma reforma miserável, com vista a maximizar a tua experiência online ao ponto de passares despercebido junto dos teus, ao invés de deixares todos aterrorizados com uma notificação tua. Assumindo que o teu neto já pôs o wifi a funcionar e que sabes usar um teclado e um rato, vamos pôr mãos à obra.

    1) Fotos tipo-passe. Haverá outro tipo?

    Sim. Existe mais que uma forma de fotografia de perfil sem ser a olhar com cara de c#na de sabão para a webcam, mas parece que o pessoal de mais idade tem uma predilecção estranha em usar estas fotos. Sorrir

    ...
  • Queres contar tu ao resto do mundo ou conto eu que no espaço de 5 anos perdeste a capacidade de regeneração do Wolverine no que toca a ressacas? Então conto eu. Deixa-me lá recordar do meu eu aos 25: belo rapaz, moço viçoso e cheio de pêlo na venta. O quê? Sair só sexta? Nada disso. Vamos sair sexta, after sábado de manhã, vir a casa, "dormir", comer uma fatia de pizza acompanhado de uma mini para acordar e vamos sair outra vez, senão o mundo acaba e eu estou aqui em casa em vez de estar a dançar. E vamos ao after outra vez, caso contrário, a vida não faz sentido nenhum. Portanto, voltava a casa mais ou menos por volta das 16:00 de domingo a falar aramaico e ia dormir. Acordava como se nada tivesse passado nas últimas 48 horas (o que até faz sentido, porque muitas vezes não me recordava de nada) e lá seguia a assobiar para o trabalho.

    30 anos e por aí adiante...

    "Queres ir beber um copo ali ao bar que sempre criticaste, mas não estás para te chatear para andares

    ...
  • Apareceram-me os primeiros pêlos brancos na barba e isto quer dizer uma coisa apenas: a partir de agora, todas as minhas opiniões são válidas!

    Finalmente, o meu objectivo de vida está a começar a concretizar-se e estou a tornar-me naquele "bon vivant" que vocês podem encontrar em qualquer tasco de classe média-alta a torrar o ordenado em almoçaradas. Sim, aqueles que lá estão sempre a comer bem, barba branca áspera e sinais de já terem visto algumas merdas f#didas na vida. Não todas, porque ainda há coisas a ver, mas um gajo que tu olhas e pensas "este gajo já viu umas merdas!". Aquele gajo que sabe arranjar esquentadores, sabe o motivo porque faltou de repente a luz, abre o capot do carro e sabe o que mexer para aquilo voltar a mexer, tem uma carteira tipo arquivo das finanças cheia de cartões de visita e talões (um gajo de barba branca tem sempre isto), voz semi-rouca pelo tabaco (mas pensa sempre em deixar de fumar) e come sempre uma mousse com cheirinho no fim da

    ...
  • Já viram a trabalheira? Acordar pelas 7:30. Ir para a janela ver as pessoas ir para o trabalho, olhando-as fixamente nos olhos. Sair de casa pelas 8:00 e ir a um multibanco pagar o IMI (tem de ser a essa hora). Procurar uma farmácia com movimento (para poder criar fila) e ir conversar com o funcionário tratando-o por "senhor doutor" e repetindo várias vezes que ele parece o neto. Ir para a fila do autocarro e ultrapassar todos a entrar. Cascar no genro com as vizinhas. Cascar no genro da vizinha. Cascar no gato. Cascar no genro do gato. Chamar drogados a todos os que usem chapéu. Esquecer-se de atender o telemóvel ao genro a tarde toda e pregar um cagaço à família que já estava a ver de roupa mais escura. Cascar no genro por não ter roupa escura e precisar de ir comprar. Ir para a janela outra vez a ver as pessoas a vir do trabalho. Cascar no genro juntamente com o gato. Gato responde. "F#da-se, esqueci-me de tomar a medicação" - pensa.

    Isto não é fácil.

  • Vir de um jantar ao volante aos 20 anos

    "Bom, talvez seja melhor ir por dentro para não apanhar a bongó. Tudo bem que depois de 3 garrafas de tinto, 2 aguardentes e 1 whisky estou bem para guiar e provavelmente não deve acusar nada no balão, mas é melhor não correr riscos estúpidos. Deixa-me lá refundir as ganzas debaixo do banco. Aí ninguém as cata."

    Vir de um jantar ao volante aos 35 anos

    "A cambada de inconscientes ao volante a esta hora assustam-me. Olhem-me para aquele marialva no Clio. Janela aberta, a música em altos berros e a fumar um parpalho como se fosse o dono disto tudo. Aposto que está bêbedo. São gajos assim que desgraçam famílias. Também não sou ninguém para falar já que bebi meia taça de rosé ao jantar. Só espero que as autoridades sejam compreensivas se me apanharem."

T-shirts

t shirts do ruim

T-shirts do Ruim na loja online do Cão Azul.

COMPRAR T-SHIRTS

O Livro do Ruim

livro do ruim

A compilação dos melhores textos da página e com prefácio do não tão conhecido Quimera.

COMPRAR O LIVRO

Quem?

ruim o rui conceicao

O auto-proclamado autor, guionista, blogger e comediante.